sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Hoje de tardinha.

"Caminhando saudoso de ti eu vou,
sem jamais esquecer que a cadencia 
dessa tua presença que hoje esta ausente
de mim, só me fará entender em meio a toda
essa saudade, que o amor só existe se paralelamente
a ele existir também esta mesma saudade..."*



*Podem estas palavras não serem as melhores,
nem a organização delas uma poesia arrebatadora,
Mais são estas as mais sinceras palavras que meu
coração profere hoje então...

Nk

8 comentários:

  1. gostei pra caramba!
    Muitooo bom seu blog!
    o meu é uma porcaria, mas é uma porcaria original http://comoediante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Mto bom o seu Blog ! Poesia são legais !

    http://maumoreiraa.blogspot.com/
    se quizer textos ^^

    Parabéns pelo BLOG.

    ResponderExcluir
  3. É incrível como tudo tem seu lado especial... Tanto aqueles poetas que descrevem seus sentimentos nas palavras mais fantasiosas e de forma alongada e os outros que descrevem algo de um jeito tão simples e direto, que parece, por isso mesmo, ser mais profundo...

    Parabéns pelo blog!
    Estou te seguindo!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  4. "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

    Sua poesia está ótima, não precisa mudar nada.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. *-------* Feeeio .. que lindo o que vs escreve
    ta cada vez melhor
    beeeijo ♥

    ResponderExcluir
  6. levar a nossa essência pra o que escrevemos, é fundamental para que a gente consiga passar o que, de fato, queríamos. gostei :) e muito obrigada pelo elogio ao meu blog :*

    ResponderExcluir
  7. Oi Neko, brigadão pela visita no blog e pelos elogios tbm! hehe

    Não tem dessa de seu blog "não ser tão bom", os blogs podem ser uma expressão do nosso sentimento e sendo assim, não existe melhor nem pior.

    Gostei do texto, já estou seguindo!

    abração!

    ResponderExcluir
  8. Hoje de tardinha...
    De fato encontrei-me assim cheia de saudade, mas como você muito bem descreveu em seu texto "...O amor só existe se paralelamente a ele existir também esta mesma saudade..."
    Sendo assim...
    TE AMO NEGO!

    Beijinhos*

    ResponderExcluir