segunda-feira, 25 de abril de 2011

Verdes Brilhos



Queria que as horas fossem abreviadas em grãos de areia
Para que a dor dessa saudade não durasse tanto tempo assim...
Pra que quando o mar viesse desaguando ,levasse em suas ondas
Os segundos, minuto e as horas que me afastam de ti

Queria que a distância fosse abreviada em um pestanejar de olhos
Para que quando fechasse os meus, encontrasse os teus verdes lírios
Em forma de olhares, tão junto, a ponto detalhar tua íris

Queria que o amor fosse abreviado em uma canção
Pra que quando você a escutasse me amasse...
Para que não fosse preciso de tantas regras pra se amar,
Bastaria sentir e pronto, era amor...

Neko

5 comentários:

  1. amei esse post...
    pos qnd li me veio memorias na kbeça...
    hum poesias estilo do trovadorismo amei, gosto muito de poesias trovadorescas é a melhor parte da literatura...
    comuw seria bom mesmuw fazer com que (....) escutasse uma musica e viesse o verdadeiro amor e não essa enganação que vemos nos dias de hoje ...

    ResponderExcluir
  2. Queria eu que tudo fosse mesmo assim ;/ Ameii

    ResponderExcluir